top of page
DSC03104-2.jpg

Por que logo comigo

Na minha atual situação, uma pessoa que ficou paraplégica após 40 anos com uma “saúde perfeita”, vítima de uma crueldade desproporcional, você deve imaginar que uma das perguntas que eu mais tenho feito, é “Por que logo comigo?”.


Provavelmente, esse é um tipo de pergunta que muitos diriam que não tem resposta. Mas agora com um pouco mais de experiência em perguntas complexas, eu posso dizer que para tudo que acontece em nossa vida, sempre há uma resposta.


E já logo vou dizendo, não é porque estamos passando por uma situação de dor, sofrimento, dificuldade é que a resposta seja porque estamos pagando um pecado, uma dívida ou um castigo (e olha que no começo eu até pensava assim), mas aprendi ao longo desta jornada que, seja uma situação ruim ou boa, elas só acontecem porque não há outra forma de evoluir.


Explico.


Eu só consegui atingir posições de destaque na empresa que atuo, porque superei a preguiça de levantar cedo, o cansaço de estudar a noite, as pessoas tóxicas que cruzaram o meu caminho, as reuniões estressantes, as atividades desgastantes e os reconhecimentos que algumas vezes não vinham. Superei, porque ressignifiquei o sofrimento por uma oportunidade de crescimento, experiência que poucos tem, afinal, as vezes é mais cômodo desistir, do que continuar sem saber se vai melhorar.


Eu só consegui atingir posições de destaque, porque valorizei o privilégio de ter um emprego, a chance de aprende algo novo, as pessoas que me ajudaram a se desenvolver, as reuniões que me desafiaram, os reconhecimentos diários recebidos por um sorriso, um abraço ou simplesmente um muito obrigado. Valorizei porque acreditei no meu potencial, na minha capacidade de transformar o meu trabalho em uma chance de me divertir e de evoluir.


Notou que a situação acima é exatamente a mesma, porém uma com o prisma da dor e a outra do amor, e, ambas me dão a resposta o porque logo comigo. Por que somente assim, vivendo os dois lados da vida, eu consigo evoluir.


E utilizando essa teoria é que hoje eu consigo responder “Por que logo comigo”, porque eu sou capaz de ressignificar a situação e utilizá-la para minha evolução.


E é fácil a fazer essa ressignificação?!

Ja te antecipo que não. Eu mesma não tenho conseguido fazer isso sozinha, tenho contado com o apoio de uma rede de amigos, da família, de terapeutas e de muitas orações para que essa resposta que eu encontrei, seja de fato, o que me move para superar tudo isso.


Isso não significa que quero ficar na cadeira de rodas eternamente, mas enquanto ficar de pé ainda não é uma opção , eu continuarei evoluindo com as oportunidades me ofertadas dia-a-dia.


E você, como tem evoluído?


Gostou deste texto?


Então, me conta o que achou nos comentários e compartilhe para ajudar a espalhar essa ideia.




Kátia Regina

Mulher | Mãe | Vitoriosa | Executiva de RH | Apaixonada por gente, histórias e experiências | Escritora de artigos e rumo a publicação de livro(s)


Originalmente publicado em www.katiaregina.com





45 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Siga exatamente assim, minha linda !!!! Você é MARAVILHOSA !!!!!!

Like
bottom of page